CENSURA – RELATÓRIO Nº 9274 (26 DE JANEIRO DE 1972) RELATIVO A “MEMÓRIAS DE UM OPERÁRIO” DE JOSÉ SILVA

NOTA: O livro de José Silva, um dos fundadores do PCP no Porto, contém uma memória da história do movimento operário vivida pelo autor com muita proximidade. O original, dactilografado com correcções manuscritas, deste e do II volume sobre a luta democrática nos anos quarenta e cinquenta, foi-me entregue por Maximiniano Silva, amigo próximo de José Silva, então já falecido. Por meu intermédio, foi publicado pela dupla de editores da Livraria Júlio Brandão de Vila Nova de Famalicão, Manuel Cunha e Macedo Varela, ambos membros do PCP na clandestinidade e activos na oposição. Escolhi a  fotografia, fiz o arranjo gráfico da capa e todo o trabalho de revisão. O livro foi proibido e os seus editores perseguidos pela PIDE. Os originais estão no meu arquivo.

Sobre a Livraria Júlio Brandão, ver

Amadeu Gonçalves, “Livraria Júlio Brandão (1971-1973)”, DoPresente, 18/9/2011.

José Pacheco Pereira, “Cadernos Vanguarda”; Ephemera, 18/7/2010.

%d bloggers like this: