NOTAS BIOGRÁFICAS – VASCO LUÍS RODRIGUES DA CONCEIÇÃO E SILVA (Sertã, 4/8/1923 – Castelo Branco,15/11/1994)

Filho do escritor Virgílio Godinho, ligado ao movimento nacional-sindicalista e depois aproximando-se da oposição, Vasco Silva licenciou-se em História. Depois do apoio que prestou à candidatura de Humberto Delgado foi afastado do ensino oficial e  passou a leccionar no ensino secundário particular. Foi candidato pelo Círculo de Castelo Branco nas listas da oposição em 1961. Ligado ao PCP fazia parte de um círculo que lia e distribuia o Avante! em Castelo Branco,  de que faziam parte, para além de Vasco Silva, o engenheiro Barata, Carlos Correia, Mário Barreto, Tito Zuzarte e Carlos Vale. Preso em Janeiro de 1964, esteve dois anos em Peniche. Membro da Comissão Nacional dos Congressos da Oposição Democrática de Aveiro (1969 e 1973).

Depois do 25 de Abril,  foi o primeiro governador de Castelo Branco em democracia (de 27 de Agosto de 1974 a 10 de Outubro de 1975) e várias vezes candidato a deputado pela CDU e em diferentes eleições autárquicas. Após a morte, a sua biblioteca com cerca de 13000 volumes foi doada ao PCP que a cedeu à Biblioteca da ESE do IPCB.

FONTES:

Avante!, 17 de Novembro de 1994.

Avante!, 9 de Maio de 2002.

Carlos Vale, «O PCP que já foi enterrado tantas vezes…Mas está vivo….», Kaminhos Magazine

ANTT:

PT/TT/PIDE/E/010/133/26520

PIDE, Serviços Centrais, Registo Geral de Presos, liv. 133, registo n.º 26520

%d bloggers like this: