José Pacheco Pereira

LIVROS

As Lutas Operárias Contra a Carestia de Vida – A Greve Geral de Novembro de 1918,¬ 1ª edição, Portucalense Editora, 1971; 2ª edição, Edições Nova Crítica 1976.

Questões Sobre o Movimento Operário Português e a Revolução Russa de 1917, Porto, 1971.

Conflitos Sociais nos Campos do Sul de Portugal ¬,Publicações Europa América , 1983.

A Sombra. Estudo sobre a Clandestinidade Comunista, Lisboa, Gradiva, 1993

?lvaro Cunhal – Uma Biografia Política Vol. I – “Daniel” O Revolucionário (1913-1941). Lisboa, Temas e Debates, 1999

?lvaro Cunhal, uma Biografia Política, Vol. II “Duarte” – O Dirigente Clandestino (1941-1949), Lisboa Temas e Debates, 2001

?lvaro Cunhal, uma Biografia Política, Vol. III – O Prisioneiro (1949-1960), Lisboa, Temas e Debates, 2005

PARTICIPAÇÃO EM LIVROS COLECTIVOS

O Século XIX em Portugal,Lisboa, Editorial Presença, 1980

A Agricultura Latifundiária na Península Ibérica ,Oeiras,
Fundação Calouste Gulbenkian 1980

O Fascismo em Portugal, Lisboa, Regra do Jogo, 1982

Utopie et Socialisme au Portugal, Paris, Fundação Calouste Gulbenkian , 1984

Les Campagnes Portugaises de 1870 a 1930: Images et Realités, Paris, Fundação Calouste Gulbenkian, 1985

Michael Waller / M Fennema (Ed.) Communist parties in Western Europe : decline or adaptation? , Oxford, UK ; New York, NY, USA : B. Blackwell, 1988.

PREF?CIOS

Prefácio a George Orwell, Mil Novecentos e Oitenta e Quatro, Lisboa, Moraes, 1984.

Prefácio O Livro Negro do Comunismo, Lisboa, Quetzal Editores, 1998

Prefácio a Arquivo Mitrokhin, Lisboa,
ARTIGOS, ESTUDOS, NOTAS
” Materiais para a história da Primeira República “, Defesa de Espinho, série de 10 artigos publicados em 1977-8

” O papel do cidadão e da imprensa regional na salvaguarda de documentos para a história contemporânea “, Notícias de Paços de Brandão, série de artigos publicados em 1978

” Os conflitos sociais no Alentejo “, Diário de Notícias, 10 de Novembro de 1977, 17 de Novembro de 1977

” Nota sobre criminalidade e banditismo no movimento social dos trabalhadores alentejanos (1908-1912)”, Contra-Dizeres, 2, Junho de 1978

” O operariado nas vésperas da República “, Diário de Notícias, 17.8.78

” O movimento operário e rural em Évora e a República (1908-1912) “, Diário Popular, Outubro-Novembro 1978

” Porto: a cidade industrial do século XIX está em destruição”, Expresso, 4 de Novembro de 1978

” O sidonismo e o movimento operário “, Diário de Notícias, 23 de Novembro de 1978

” Arquivos estrangeiros com interesse para a história do movimento operário português “, Diário de Notícias, 1 de Maio de 1979

” A memória dos operários “, Diário de Notícias, 28 de Agosto de 1979

” Bento Gonçalves revisitado “, Diário de Notícias, 11 de Dezembro de 1979

” As Duas Palavras ” de Bento Gonçalves, Diário de Notícias, 8
de Janeiro de 1980

” O PCP na Primeira República “, Diário de Notícias, 13 de Maio de 1980

” O PCP na Primeira Republica depois de 1923 “, Diário de Notícias, 27 de Maio de 1980

” As lutas sociais dos trabalhadores alentejanos: do Banditismo à greve “, Análise Social, 61-2, vol. XVI, 1980-1º e 2º

(posteriormente incluída no livro O Século XX em Portugal, Editorial
Presença, 1980)

Atitudes do Trabalhador Rural Alentejano Face à Posse da Terra e do Latifúndio, Separata de A Agricultura Latifundiária na Península Ibérica, Instituto Gulbenkian de Ciência – Centro de Estudos de
Economia Agrária, 1980

” A origem do movimento operário no Porto: as associações mutualistas (1850-1870)”, Análise Social, vol. XVII, 65, 198l.

” Os três discursos do PCP “, Diário de Notícias, 27 de Outubro de 1981,

” O 5 de Outubro e os operários “, Diário Popular, 17 de Outubro de 1981.

” Bibliografia sobre o movimento operário português desde a
origem até 25 de Abril de 1974 (livros e artigos publicados de 1974 a 1980)”, Análise Social, vol. XVII, 67-8, 1981.

(Esta bibliografia foi actualizada para 1981, 1982 e 1983 no Boletim de Estudos Operários, 1982, 1983 e 1984.)

” Contribuição para a história do PCP na I República (1921-1926) “, Análise Social, vol. XVII, 67-8-9, 1981.

(Este estudo foi revisto e ampliado numa segunda versáo publicada em Estudos sobre o Comunismo, 1, Set.-Dez. 1983).

” Des luttes du proletariat agricole avant le 25 Avril 1974
? la Reforme Agraire “, Revue Tiers Monde, t. XXIII, 89, Jan.-Março
1982

” Problemas da história do PCP “, em O Fascismo em Portugal, Lisboa, Regra do Jogo, 1982.

” O primeiro ano da vida do PCP – Cronologia e documentos “, História 47, Setembro 1982.

” A história de uma História “, Diário de Notícias, 12 de Janeiro de 1983.

” As lições ” do 18 de Janeiro ” , Diário de Notícias, 12 de Janeiro de 1983.

” Arquivos dos Sindicatos do Porto “, Boletim de Estudos Operários, Maio 1983.

” Manuscritos, correspondência e originais existentes no Espólio de Pinto Quartin “, Boletim de Estudos Operários, 3, de Maio 1983; 4, Dezembro, 1983; 5, Maio, 1984; 6, Dezembro 1984.

” As primeiras séries do Avante! clandestino “, Estudos sobre o Comunismo, O, Julho 1983.

Crítica a Jessica Mitford, Diário de Notícias, 1983.

” L’historiographie ouvriére au Portugal “, Le Mouvement Social, 123, Abril-Junho 1983.

” A imprensa operária no século XX – Agitadores e funcionários “, Diário de Notícias, 8 de Janeiro de 1984.

” Gritos e murmúrios – Reflexões sobre o estudo do comunismo e os seus críticos “, Diário de Notícias, 1984.

” Acta da Conferência do PCP de 1929 – introdução e notas “, Estudos sobre o Comunismo, 2, Janeiro-Abril 1984.

” A Federaçáo Nacional dos Trabalhadores Rurais (1912-1926). Síntese da Comunicaçáo “, Separata de Les Campagnes Portugaises de 1870 a 1930: Images et Realités, Actes du Colloque, Aix-en-Provence, 24 Décembre 1982, Paris, Fondation Calouste Gulbenkian, 1985.

Depoimento sobre a história da II Guerra Mundial, Semanário, 17 de Agosto – 24 de Agosto 1985
” O PCUS e os partidos ” Paralelos ” – o caso espanhol. (Novos aspectos do movimento comunista internacional)”, Estudos sobre o Comunismo, 7 de Janeiro de 1986.
“O PCP: Um Partido do Passado Presente – Uma interpretação?, Revista de Ciência Política, 5, 1º Sem. 1987

El Partido Comunista Poruguês y la izquierda Revolucionária, Madrid, Centro de Estudios Constitucionales, 1988

O Partido Comunista Português e a esquerda revolucionária em Portugal, o sistema político e constitucional 1975-1987, Lisboa, ISCTE, 1989

“A Clandestinidade: Componente da Cultura Comunista”, Risco, 14, Verão 1990
“A geração de 60 teve uma influência duradoura no país”, História, 8, Novembro 1998

“O PCP Oitenta Anos Atrás?, Público, 1/03/2001

“Origens de uma Contra Cultura – O Ciclo “Popologia? Realização “Autónoma? de Colaboradores da Secção Cultural Da AAFDL “(1968), Estudos sobre Comunismo, 2003

“Grupo De Estudos Marxistas Leninistas Maoistas (Gemlm)?, Estudos sobre Comunismo, 2003

“Combate Operário?, Estudos sobre Comunismo, 2003

“Alguns Textos dos “Cursos Livres” no ISCEF? Estudos sobre Comunismo, 2003

“Bibliografia Sobre o PCP a Oposição – 2003?, Estudos sobre Comunismo, 2003

“Célula Comuna de Paris (1971)? , Estudos sobre Comunismo, 2004

“Lyon de Castro, Piteira Santos, o “Ler” e o PCP”, Público,, 15/4/2004; 22/4/2004

“Notas Sobre Cifras, Siglas, Rubricas, Abreviaturas, Sinais de Identificação e Pseudónimos Usados pelo PCP na Clandestinidade – 1- Siglas Usadas na Assinatura de “Informações? (Início dos Anos Sessenta)? , Estudos sobre Comunismo, 2004

“Bibliografia Sobre o PCP a Oposição – 2004?, Estudos sobre Comunismo, 2004
“Bibliografia Sistemática sobre o PCP, os Movimentos Comunistas e Radicais e a Oposição Política e Social Até 25 de Abril de 1974 (Em Organização) “, Estudos sobre Comunismo, 2005

%d bloggers like this: